sábado, julho 20, 2024
spot_img
More

    últimos posts

    Juliana Paes Enfrenta Aborto e Violência Sexual em Nova Série da Netflix

    Pedaço de Mim estreia hoje com temas contemporâneos e dilemas morais

    Protagonizada por Juliana Paes, a trama aborda temas relevantes para a sociedade contemporânea e vai estreiar nesta sexta-feira (5), na Netflix “Pedaço de Mim”, a primeira série brasileira de melodrama, dirigida por Maurício Farias e criada por Angela Chaves.

    Em entrevista à Quem, a atriz discutiu como a série trata da legalização do aborto em casos de estupro, um tema atualmente em debate no Brasil.

    Confira: Ludmilla E Gloria Groove Desmentem Rumores De Ruptura De Amizade Com Bom Humor

    Juliana Paes interpreta Liana, uma mulher que sonha em ser mãe e é casada com Tomás, personagem de Vladimir Brichta.

    Liana engravida de gêmeos por meio de um fenômeno raro chamado superfecundação heteroparental, onde um dos bebês é fruto de seu casamento e o outro foi concebido por meio de um estupro.

    Em meio a uma mistura complexa de emoções e diante de um grande dilema moral, Liana enfrenta a difícil questão de saber se será capaz de amar igualmente as duas crianças e manter suas relações familiares intactas.

    A atriz destacou a importância de abordar temas delicados de maneira realista e o impacto que isso pode ter na sociedade. Segundo Juliana Paes: “A série aborda esse assunto de um jeito muito realista.

    Em determinado momento, Liana pensa: ‘Você quer levar adiante essa gestação ou não?’ E não existe essa prerrogativa do ‘não poderia fazer’. Acho muito importante que isso esteja sendo levantado. É uma questão que deve estar presente no debate público, mais como uma questão de saúde pública do que religiosa.”

    O Projeto de Lei 1904/2024, proposto pelo deputado Sóstenes Cavalcante (PL/RJ), busca alterar as regras estabelecidas pela Constituição Federal que permitem o aborto em casos específicos, como quando a vida da pessoa gestante está em risco ou a gestação é resultante de estupro.

    Juliana também ressaltou outros aspectos abordados pela série: “É uma questão de saúde pública que precisa ser debatida sob esse viés. A série aborda isso e vai além, falando dos desdobramentos da violência sexual, do machismo estrutural, da maternidade.

    E a gente começa a pensar também sobre como hoje conseguimos travar diálogos que, na época em que a trama se passa, não existiam. Hoje, conhecemos termos e situações que, na época, não sabíamos.

    Algo que me chama muita atenção e fica muito evidente para mim no começo da trama é o tempo que a personagem leva para entender que realmente sofreu uma violência sexual.”

    Juliana concluiu: “Acho que isso vai de encontro com essa discussão sobre o tempo, sobre quanto tempo a gestação leva e quanto tempo você tem para tomar uma decisão. O tempo não é cartesiano nessas questões.”

    “A vítima leva tempo para processar tudo o que acontece, precisa de tempo para entender. Existe a vergonha, existe a culpa, e, nesse sentido, acho que a série tem um papel muito interessante para acrescentar a esse debate público que é tão importante.”

    Juliana Paes: Trajetória de Sucesso e Versatilidade

    Juliana Paes

    Juliana Paes é uma das atrizes mais renomadas e versáteis da televisão brasileira. Nascida em Rio Bonito, Rio de Janeiro, em 26 de março de 1979, começou sua carreira artística como modelo antes de se destacar como atriz.

    Sua estreia na TV aconteceu em 2001, na novela “Laços de Família”, de Manoel Carlos, onde interpretou a inesquecível Ritinha. Seu talento e carisma logo a tornaram uma figura querida pelo público, abrindo portas para uma série de papéis de destaque em diversas produções da Rede Globo.

    Ao longo de sua carreira, Juliana Paes conquistou papéis marcantes em novelas de grande sucesso, como “Celebridade” (2003), “Caminho das Índias” (2009), “Gabriela” (2012), e “A Força do Querer” (2017).

    Em cada personagem, demonstrou uma capacidade única de se adaptar a diferentes estilos e nuances dramáticas, consolidando-se como uma das principais atrizes da sua geração.

    Além das novelas, Juliana também brilhou no cinema, participando de filmes como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (2017), onde interpretou a protagonista Dona Flor, papel imortalizado por Sônia Braga na adaptação anterior. Sua atuação foi elogiada pela crítica e pelo público, mostrando sua versatilidade também nas telonas.

    Explore a Novidade em Apostas no Brasil: Bora Jogar

    Fora das telas, Juliana Paes é conhecida por sua beleza estonteante e seu carisma contagiante. Ao longo dos anos, tornou-se uma referência de estilo e elegância, sendo frequentemente destacada em listas de mulheres mais bonitas e bem-vestidas do país.

    Além de sua carreira artística, Juliana Paes é mãe dedicada de dois filhos, frutos de seu casamento com o empresário Carlos Eduardo Baptista. A atriz sempre equilibrou sua vida pessoal com a profissional, mostrando uma habilidade admirável de conciliar ambos os papéis com sucesso.

    Juliana Paes continua a ser uma figura influente no entretenimento brasileiro, não apenas pela sua habilidade interpretativa, mas também pela sua autenticidade e carisma que conquistam o público a cada novo trabalho.

    spot_img
    spot_img

    últimos posts

    spot_imgspot_img

    Veja mais