sexta-feira, julho 19, 2024
spot_img
More

    últimos posts

    Murilo Rosa Processa José de Abreu por Foto Polêmica

    Ação Judicial Envolvendo Foto de Família de Murilo Rosa e Comentários Ofensivos

    O ator Murilo Rosa, de 53 anos, anunciou em seu Instagram no domingo (2) que tomará medidas legais contra o colega José de Abreu, de 78 anos.

    A decisão veio após Abreu postar uma foto de Murilo com seu falecido pai e seu filho menor de idade, o que gerou indignação no ator.

    Confira: Neymar Critica Luana Piovani: “Mal Amada” E “Mora Em Portugal”

    Murilo Rosa expressou sua frustração publicamente, afirmando: “José de Abreu postou uma foto minha com meu pai, falecido há 8 meses, e meu filho menor de idade. Isso é extremamente baixo e teve a clara intenção de me ofender, usando minha família. Não revidarei; para isso existe justiça cível e criminal. O desrespeito com meu filho e com minha dor pela perda do meu pai é inaceitável. A resposta virá dos órgãos competentes.”

    Essa polêmica ocorre em meio a outra controvérsia envolvendo José de Abreu

    Recentemente, ele respondeu a críticas de Maria Zilda sobre seu comportamento nos bastidores da novela “Bebê a Bordo” (1988), e fez comentários ofensivos sobre Murilo Rosa, chamando-o de “m*rda”.

    Na sexta-feira (31), José de Abreu voltou a atacar Murilo Rosa e Maria Zilda Bethlem em um post no X (antigo Twitter), chamando-os de “medíocres”.

    Descubra a Mais Recente Casa de Apostas no Brasil: Bora Jogar

    Ele também revelou que desligou o telefone na cara de Murilo durante uma ligação, dizendo: “Murilo Rosa me ligou. Quando se identificou, mandei à m&rda e desliguei. Seleciono meus amigos.”

    O conflito entre Murilo Rosa e José de Abreu, que começou anos atrás, ganhou novos capítulos com essas recentes declarações e ações nas redes sociais.

    Determinado a buscar justiça, Murilo Rosa espera pela resolução do caso pelos órgãos competentes.

    José de Abreu: Um Ícone da Televisão e do Cinema Brasileiro

    José Pereira de Abreu Júnior, mais conhecido como José de Abreu, nasceu em 24 de maio de 1946, em Santa Rita do Passa Quatro, São Paulo.

    Ao longo de sua carreira, ele se consolidou como um dos atores mais respeitados e versáteis do Brasil, com uma trajetória que abrange teatro, cinema e televisão.

    Abreu iniciou sua carreira artística nos palcos, estudando Direito na PUC-SP e se envolvendo com grupos de teatro universitário.

    Foi durante essa época que ele descobriu sua paixão pela atuação. Em 1967, fez sua estreia profissional na peça “Roda Viva”, de Chico Buarque, dirigida por José Celso Martinez Corrêa, no Teatro Oficina.

    A peça, marcada por seu conteúdo politicamente engajado, foi um divisor de águas para Abreu e ajudou a consolidar sua carreira no teatro.

    Nos anos 1970, José de Abreu começou a se destacar na televisão. Sua primeira aparição foi na novela “Assim na Terra Como no Céu” (1970), na TV Globo. Desde então, Abreu tornou-se um rosto familiar nas telinhas brasileiras, participando de diversas novelas e minisséries de grande sucesso.

    Algumas de suas atuações mais memoráveis incluem “Mandala” (1987), “Tieta” (1989), “Pedra sobre Pedra” (1992), “Avenida Brasil” (2012), e “A Dona do Pedaço” (2019). Sua habilidade para interpretar uma ampla gama de personagens, desde vilões complexos até figuras simpáticas, cativou o público e críticos ao longo dos anos.

    Além da televisão, Abreu também fez contribuições significativas ao cinema brasileiro. Participou de mais de 30 filmes, incluindo “O Homem Nu” (1997), “Carandiru” (2003), e “Zuzu Angel” (2006).

    Seu talento e dedicação à sétima arte foram reconhecidos com diversos prêmios ao longo de sua carreira, consolidando sua posição como um dos grandes nomes do cinema nacional.

    José de Abreu é também conhecido por seu ativismo político e social. Ele tem se expressado abertamente sobre suas opiniões e causas que defende, utilizando sua visibilidade para promover discussões importantes na sociedade brasileira. Sua postura engajada tem gerado tanto apoio quanto controvérsia, mas ele se mantém firme em suas convicções.

    Ao longo de mais de cinco décadas de carreira, José de Abreu construiu um legado notável na cultura brasileira. Sua capacidade de se reinventar e de se adaptar a diferentes papéis e contextos, juntamente com seu compromisso com a arte e a sociedade, fazem dele um ícone incontestável.

     

    spot_img
    spot_img

    últimos posts

    spot_imgspot_img

    Veja mais