terça-feira, julho 23, 2024
spot_img
More

    últimos posts

    Vini Jr se desculpa por cartão amarelo na Copa América e mira recuperação da Seleção

    Atacante reconhece erros e promete lutar para colocar o Brasil “no lugar que merece”

    Vinicius Junior se pronunciou nesta terça-feira sobre o cartão amarelo, três dias após a eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa América.

    O atacante admitiu a culpa pelos cartões amarelos que o tiraram da partida decisiva contra o Uruguai, em que o Brasil foi derrotado nos pênaltis, e expressou seu desejo de ajudar a seleção a recuperar sua posição de destaque.

    “Falhei ao tomar dois cartões amarelos evitáveis. Novamente assisti à eliminação do lado de fora. Mas, dessa vez, por culpa minha. Peço desculpas por isso. Sei ouvir as críticas e as mais duras, acreditem, vêm de dentro de casa.”

    Confira: Influenciadora Marina Mamede Morre Aos 34 Anos Em Ouro Preto

    “Minha trajetória na seleção, felizmente, está só começando. Ao lado dos meus companheiros, terei chance de recolocar nossa Seleção no lugar que merece”, escreveu o jogador do Real Madrid.

    Vini Jr foi suspenso para o jogo contra o Uruguai devido ao acúmulo de dois cartões amarelos na fase de grupos.

    A suspensão foi decretada após ele ser punido por uma braçada em James Rodríguez, aos seis minutos do jogo contra a Colômbia, que terminou em empate de 1 a 1 na terceira rodada do grupo D.

    O primeiro amarelo foi recebido na rodada anterior, contra o Paraguai, por reclamação aos 38 minutos do segundo tempo.

    Na eliminação do Brasil na Copa do Mundo de 2022, diante da Croácia, Vinicius Junior foi substituído pelo técnico Tite aos 18 minutos do segundo tempo, dando lugar a Rodrygo. Ele assistiu do banco à derrota nos pênaltis.

    O Brasil enfrenta uma série de frustrações recentes, incluindo a eliminação nas quartas de final da Copa América, a não classificação para as Olimpíadas de Paris 2024, a atual sexta colocação nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026, e um 2023 que marcou o pior desempenho da Seleção nos últimos 80 anos.

    Agora, a equipe tem a missão de se classificar para a próxima Copa do Mundo e buscar o hexacampeonato, evitando o maior jejum de títulos mundiais de sua história (24 anos), como ocorreu em 1994.

    A História do Cartão Amarelo e Vermelho no Futebol

    O cartão amarelo e vermelho são elementos fundamentais do futebol moderno, ajudando a manter a disciplina e a ordem durante as partidas. No entanto, esse cartão amarelo e vermelho não existiam desde o início do esporte.

    A introdução do cartão amarelo e vermelho foi uma inovação que transformou o jogo, trazendo mais clareza e justiça na aplicação das regras.

    A ideia de usar cartões de advertência visual surgiu na mente do árbitro inglês Ken Aston. Aston era responsável pela arbitragem durante a Copa do Mundo de 1966, realizada na Inglaterra.

    Ele percebeu a necessidade de um sistema claro e universal para comunicar as decisões disciplinares aos jogadores, espectadores e técnicos, especialmente depois de um incidente controverso durante o torneio.

    Na partida das quartas de final entre Inglaterra e Argentina, o capitão argentino Antonio Rattín foi expulso, mas se recusou a deixar o campo, argumentando que não entendia a decisão do árbitro alemão Rudolf Kreitlein, que não falava espanhol.

    Essa confusão destacou a necessidade de um método mais eficiente de comunicação.
    Inspirado pelas cores dos semáforos, Aston teve a ideia de usar cartões coloridos para indicar advertências e expulsões.

    O cartão amarelo representaria um aviso, enquanto o cartão vermelho significaria a expulsão do jogador. Este sistema foi implementado pela primeira vez na Copa do Mundo de 1970 no México. Desde então, os cartões se tornaram uma parte essencial do futebol.

    O cartão amarelo é mostrado pelo árbitro como uma advertência oficial ao jogador por comportamento antidesportivo, como faltas repetitivas, simulação, retardar o reinício do jogo ou desrespeitar a autoridade do árbitro.

    Dois cartões amarelos em um jogo resultam em um cartão vermelho, o que significa que o jogador é expulso da partida.

    O cartão vermelho é mostrado para faltas graves, como jogo violento, conduta violenta, impedir uma oportunidade clara de gol com uma falta, usar linguagem ou gestos ofensivos, ou receber um segundo cartão amarelo.

    A expulsão imediata devido a um cartão vermelho deixa a equipe com um jogador a menos, alterando significativamente a dinâmica do jogo.

    Desde a sua introdução, o uso de cartões amarelos e vermelhos foi refinado e adaptado. Hoje, os árbitros recebem treinamento extensivo sobre como e quando usar os cartões, garantindo que as regras sejam aplicadas de maneira justa e consistente.

    Além disso, os avanços tecnológicos, como o VAR (árbitro assistente de vídeo), ajudaram a verificar decisões controversas, melhorando a precisão das decisões dos árbitros.

    Os cartões também desempenham um papel importante fora do campo. Estatísticas de cartões amarelos e vermelhos são usadas para avaliar o comportamento dos jogadores e das equipes ao longo da temporada.

    Jogadores que acumulam cartão amarelo e vermelho podem enfrentar suspensões automáticas, afetando suas equipes em competições futuras. Além disso, os cartões influenciam a estratégia dos treinadores, que devem gerenciar seus jogadores para evitar suspensões e manter a disciplina da equipe.

    Confira a Nova Casa de Apostas do Brasil: Bora Jogar

    Ao longo dos anos, o cartão amarelo e  cartão vermelho ajudaram a moldar o futebol em um jogo mais disciplinado e compreensível, tanto para os jogadores quanto para os fãs.

    Eles fornecem uma maneira clara e visual de aplicar as regras e manter a ordem, garantindo que o esporte permaneça justo e competitivo.

    A inovação de Ken Aston continua a ser uma contribuição crucial para o futebol, destacando como mudanças simples e eficazes podem ter um impacto duradouro em um esporte amado por milhões ao redor do mundo.

    spot_img
    spot_img

    últimos posts

    spot_imgspot_img

    Veja mais