terça-feira, julho 23, 2024
spot_img
More

    últimos posts

    Morre Chrystian, da Dupla com Ralf, aos 67 Anos em São Paulo

    <h2 class=”custom-heading”>Cantor estava internado e deixa legado na música sertaneja brasileira</h2>

    Chrystian, integrante da icônica dupla Chrystian e Ralf, faleceu na noite de quarta-feira (19) aos 67 anos. O cantor estava internado em um hospital de São Paulo. 

    A família confirmou a morte por meio de uma nota, agradecendo o apoio de fãs, amigos e colegas de profissão. O velório será realizado a partir das 11h em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

    O cantor deixa dois filhos, frutos de seu casamento de 29 anos com a influenciadora Key Vieira. Chrystian, cujo nome verdadeiro é José Pereira da Silva Neto, também foi casado com a cantora Gretchen nos anos 80. 

    <p style=”text-align: center;”><em>Confira: <a href=”https://brasilfuxico.com/entretenimento/carlinhos-mendigo/”> Humorista Carlinhos Mendigo É Preso Após Fugir Da Polícia Em SP</a></em></p>

    A assessoria do artista informou que ele foi hospitalizado devido a uma condição médica que exigia repouso imediato e tratamento especializado. A causa da morte não foi divulgada.

    Em fevereiro deste ano, Chrystian foi internado no Hospital do Rim em São Paulo após ser diagnosticado com rim policístico. Ele estava se preparando para um transplante de rim, com doação prevista pela esposa Key Vieira. 

    No entanto, a cirurgia foi adiada para o final de 2024 após Chrystian passar por um cateterismo. Devido ao procedimento, que exigiu o uso de anticoagulantes, a cirurgia foi postergada.

    Mesmo seguindo todas as recomendações médicas, Chrystian foi hospitalizado novamente nesta quarta-feira. Um show agendado para sábado (22) em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, foi cancelado. 

    Em nota, a família destacou a dedicação de Chrystian à música sertaneja ao longo de seus 60 anos de carreira. “Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil”, dizia a nota de agradecimento.

    <h3 class=”custom-heading”>Carreira de Chrystian</h3>

    Chrystian iniciou sua carreira ainda na infância, apresentando-se em um clube de Goiânia aos 6 anos, quando era conhecido como Zezinho. 

    Seu sucesso local lhe rendeu um programa de televisão chamado “Pinguinho de Gente”. Inspirados pelo talento dos filhos, a família decidiu se mudar para São Paulo em busca de maiores oportunidades.

    Os primeiros anos em São Paulo foram difíceis, com a família enfrentando desafios financeiros. “Para não passarem fome, pegavam as sobras de arroz e feijão das calçadas da zona cerealista, no bairro do Brás. Eles varriam os cereais, juntavam e levavam para a mãe cozinhar”, relembra a biografia do cantor.

    Diariamente, o pai de Chrystian levava os filhos à porta da TV Bandeirantes em busca de uma chance para se apresentarem. A persistência deu frutos, e a dupla conseguiu cantar em um programa de Vicente Leporace. 

    Logo, Chrystian e seu irmão Ralf assinaram um contrato e gravaram suas primeiras músicas em português e inglês, sob os nomes “Os Pássaros” e “Charles & Ralf”.

    Em 1973, Chrystian alcançou sucesso com “Don’t Say Goodbye”, que fez parte da trilha sonora da novela “Cavalo de Aço” da TV Globo. 

    Na época, ele era forçado pelas gravadoras a cantar em inglês e, muitas vezes, não podia aparecer em programas de TV para manter a ilusão de que era um cantor estrangeiro.

    A virada para o sertanejo aconteceu no início dos anos 80. Chrystian e Ralf lançaram seu primeiro disco sertanejo em 1983, intitulado “Quebradas da Noite”, que foi um sucesso de vendas e alcançou o disco de ouro. 

    Na década de 80, a dupla lançou vários hits, incluindo “Amargurado” e “Chora Peito”, que lhes renderam discos de platina e reconhecimento nacional.

    Em 1988, a dupla lançou “Saudade”, tema da novela “Pacto de Sangue” da TV Globo, e foi eleita a melhor dupla sertaneja pelo Prêmio da Música Brasileira. 

    Na década de 90, a dupla celebrou 10 anos de carreira e gravou a canção “Minha Gioconda” com Agnaldo Rayol, que foi tema da novela “O Rei do Gado”.

    <p style=”text-align: center;”><em>Explore a Novidade em Apostas no Brasil: <a href=”https://www.borajogar.com”>Bora Jogar</a></em></p>

    Após uma breve separação no início dos anos 2000, Chrystian e Ralf retornaram com o álbum “De Volta” em 2001. Em 2005, a dupla ajudou a combater a pirataria com o desenvolvimento do “Semi Metallic Disc” (SMD), um CD genérico que reduziu o custo dos álbuns para os consumidores. 

    Ao longo da carreira, lançaram 20 álbuns e vários DVDs e coletâneas. A separação definitiva ocorreu em 2021, quando ambos seguiram carreiras solo. Chrystian voltou aos palcos com a turnê “Romance” e lançou a música “Não Dá Pra Ficar Assim”.

    Cantor estava internado e deixa legado na música sertaneja brasileira

    Chrystian, integrante da icônica dupla Chrystian e Ralf, faleceu na noite de quarta-feira (19) aos 67 anos. O cantor estava internado em um hospital de São Paulo.

    A família confirmou a morte por meio de uma nota, agradecendo o apoio de fãs, amigos e colegas de profissão. O velório será realizado a partir das 11h em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

    O cantor deixa dois filhos, frutos de seu casamento de 29 anos com a influenciadora Key Vieira. Chrystian, cujo nome verdadeiro é José Pereira da Silva Neto, também foi casado com a cantora Gretchen nos anos 80.

    Confira: Humorista Carlinhos Mendigo É Preso Após Fugir Da Polícia Em SP

    A assessoria do artista informou que ele foi hospitalizado devido a uma condição médica que exigia repouso imediato e tratamento especializado. A causa da morte não foi divulgada.

    Em fevereiro deste ano, Chrystian foi internado no Hospital do Rim em São Paulo após ser diagnosticado com rim policístico. Ele estava se preparando para um transplante de rim, com doação prevista pela esposa Key Vieira.

    No entanto, a cirurgia foi adiada para o final de 2024 após Chrystian passar por um cateterismo. Devido ao procedimento, que exigiu o uso de anticoagulantes, a cirurgia foi postergada.

    Mesmo seguindo todas as recomendações médicas, Chrystian foi hospitalizado novamente nesta quarta-feira. Um show agendado para sábado (22) em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, foi cancelado.

    Em nota, a família destacou a dedicação de Chrystian à música sertaneja ao longo de seus 60 anos de carreira. “Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil”, dizia a nota de agradecimento.

    Carreira de Chrystian

    Chrystian e Ralf

    Chrystian iniciou sua carreira ainda na infância, apresentando-se em um clube de Goiânia aos 6 anos, quando era conhecido como Zezinho.

    Seu sucesso local lhe rendeu um programa de televisão chamado “Pinguinho de Gente”. Inspirados pelo talento dos filhos, a família decidiu se mudar para São Paulo em busca de maiores oportunidades.

    Os primeiros anos em São Paulo foram difíceis, com a família enfrentando desafios financeiros. “Para não passarem fome, pegavam as sobras de arroz e feijão das calçadas da zona cerealista, no bairro do Brás. Eles varriam os cereais, juntavam e levavam para a mãe cozinhar”, relembra a biografia do cantor.

    Diariamente, o pai de Chrystian levava os filhos à porta da TV Bandeirantes em busca de uma chance para se apresentarem. A persistência deu frutos, e a dupla conseguiu cantar em um programa de Vicente Leporace.

    Logo, Chrystian e seu irmão Ralf assinaram um contrato e gravaram suas primeiras músicas em português e inglês, sob os nomes “Os Pássaros” e “Charles & Ralf”.

    Em 1973, Chrystian alcançou sucesso com “Don’t Say Goodbye”, que fez parte da trilha sonora da novela “Cavalo de Aço” da TV Globo.

    Na época, ele era forçado pelas gravadoras a cantar em inglês e, muitas vezes, não podia aparecer em programas de TV para manter a ilusão de que era um cantor estrangeiro.

    A virada para o sertanejo aconteceu no início dos anos 80. Chrystian e Ralf lançaram seu primeiro disco sertanejo em 1983, intitulado “Quebradas da Noite”, que foi um sucesso de vendas e alcançou o disco de ouro.

    Na década de 80, a dupla lançou vários hits, incluindo “Amargurado” e “Chora Peito”, que lhes renderam discos de platina e reconhecimento nacional.

    Em 1988, a dupla lançou “Saudade”, tema da novela “Pacto de Sangue” da TV Globo, e foi eleita a melhor dupla sertaneja pelo Prêmio da Música Brasileira.

    Na década de 90, a dupla celebrou 10 anos de carreira e gravou a canção “Minha Gioconda” com Agnaldo Rayol, que foi tema da novela “O Rei do Gado”.

    Explore a Novidade em Apostas no Brasil: Bora Jogar

    Após uma breve separação no início dos anos 2000, Chrystian e Ralf retornaram com o álbum “De Volta” em 2001. Em 2005, a dupla ajudou a combater a pirataria com o desenvolvimento do “Semi Metallic Disc” (SMD), um CD genérico que reduziu o custo dos álbuns para os consumidores.

    Ao longo da carreira, lançaram 20 álbuns e vários DVDs e coletâneas. A separação definitiva ocorreu em 2021, quando ambos seguiram carreiras solo. Chrystian voltou aos palcos com a turnê “Romance” e lançou a música “Não Dá Pra Ficar Assim”.

    spot_img
    spot_img

    últimos posts

    spot_imgspot_img

    Veja mais